segunda-feira, 14 de maio de 2012

Risotto de Beterraba e um Convite... em tom Vermelho

O céu estava raiado de vermelho naquele final de tarde abafado de um calor repentino e estranho. Pelo chão das ruas dançavam sombras compridas e disformes, projetadas por um sol já quase desaparecido no horizonte. Percebia-se na atmosfera tingida algo de surreal, no limiar do paranormal.
Sentia-me nervosa. O meu convidado estava atrasado, o jantar estava pronto e a noite estava a ganhar forma a grande velocidade.
Finalmente o som da campainha faz-me saltar e numa fração de segundo abro a porta, mal disfarçando o entusiasmo.
- Como está, senhor Guillermo del Toro? Fez boa viagem? 
Rasga-me um sorriso enigmático e anui quase impercetivelmente.
Convido-o a entrar e a sentar-se à mesa, servindo-lhe um copo generoso de um vinho tinto espanhol da Rioja. Observo-o enquanto perscruta silenciosamente a refeição que lhe sirvo, vibrante de sangue e pontuada de rubis cintilantes. 
Talvez lhe dê ideias. Ou lhe avive memórias.
O jantar decorre apenas com o som da sua voz, dando vida a fábulas e contos que avidamente escutamos, como crianças hipnotizadas por histórias de encantar.
E termina tão misteriosamente como começou, com uma saída discreta do nosso convidado, que desaparece silenciosamente na noite fantástica, manchada por um luar vermelho.

Mais um mês e mais uma edição da fantástica iniciativa "Convidei para Jantar", que a Ana tão brilhantemente criou. Desta vez, o desafio decorre em casa da Pami Sami, o Menu Verde, que nos propôs convidar um realizador de cinema. E como a anfitriã dá vida a um blog vegetariano, que reflete o seu estilo de vida, pediu-nos que preparássemos nesta edição uma ementa dessa natureza.

Ingredientes (4 pessoas):
3 beterrabas médias
1 cebola roxa
1 dente de alho
1 talo de aipo
1 ou 2 hastes de tomilho
1 haste de alecrim
1 raminho de cebolinho fresco
azeite q.b.
1 cubo de caldo de galinha ou legumes (usei natura)
2 chávenas arroz para risotto (arbóreo ou carnaroli)
1 copo de vinho branco
sal q.b.
água a ferver q.b.
queijo parmesão ralado no momento q.b.

Para o molho:
2 iogurtes naturais
sal q.b.
1 limão (raspa e sumo de 1/2)
cebolinho fresco
azeite q.b.

Coza as beterrabas com a casca em água por cerca de 30, 40 minutos. Deixe arrefecer, pele-as, corte em cubinhos e reserve.
Num processador de alimentos, ou numa picadora, coloque a cebola roxa e o alho descascados, o talo de aipo, o tomilho, o alecrim, o cebolinho e triture tudo.
Aqueça um pouco de azeite numa panela larga e leve esse preparado picado a refogar. Deixe por uns instantes ganhar gosto e junte o cubo de caldo, bem como os cubos de beterraba. Acrescente o arroz e mexa bem para envolver de forma uniforme todos os ingredientes. Refresque com o vinho branco e deixe absorver, sem nunca parar de mexer. Tempere de sal e junte um pouco de água a ferver, continuando a mexer com regularidade. Assim que o arroz tiver absorvido grande parte do líquido, acrescente mais um pouco de água a ferver. Deve repetir-se este processo até o arroz estar cozido, tendo sempre o cuidado de mexer, para que não agarre. Quando estiver quase pronto, retifique o sal, rale uma boa porção de queijo parmesão e envolva bem.

Para o molho, coloque os iogurtes numa taça e tempere de sal, a raspa de limão, sumo de 1/2 e um pouco de cebolinho fresco picadinho. Borrife com um fiozinho de azeite e envolva.

Sirva o risotto assim que estiver pronto, polvilhado com mais um pouco de parmesão acabado de ralar e com um pouco de molho de iogurte com cebolinho a acompanhar. Fica delicioso.

Bom apetite!


39 comentários:

  1. Olá Alice. Que risotto diferente. Ficou muito bonito o prato.

    Um abraço, Fabiana.
    http://sabornoprato.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  2. Oi Alice
    Gostei :)
    Um beijinho grande de parabéns por esta refeição
    Mané
    http://obolodatiarosa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Alice, que plato más rico y suculento.
    Besitos

    ResponderEliminar
  4. Que lindo Alice e deve ser delicioso,já anotei a receita beijos

    ResponderEliminar
  5. Excelente iniciatica, amiga ficou lindo e sem duvida uma delicia, parabens!

    bjs

    ResponderEliminar
  6. uiui esta mesmo com um ar de quem quer mais adoro beterava e esse pratinho esta mesmo a meu gosto bjs

    ResponderEliminar
  7. Super original esse teu risotto... E a cor está mesmo apelativa!!! Ai eu provava, se provava :)
    beijocas kida

    ResponderEliminar
  8. Olá minha querida Alice a tua receita ficou o maior arraso de sempre...um beijinho e um começo de semana muito muito feliz:))

    ResponderEliminar
  9. Eu adoro a com que a beterraba larga, e adorei também a associação que fizeste aos filmes de acção e terror :D

    ResponderEliminar
  10. Alice, babei no teu risotto. Apesar de ter acabado de comer um risotto de cogumelos que o Vel preparou e que estava maravilhoso. E claro, já lhe vou dar esta receita, assim como quem não quer a coisa :p

    Já escolhi o meu realizador mas ainda não sei o que lhe cozinhar... que caneco!!!!

    ResponderEliminar
  11. Alice, a cor do risotto é brutal!
    Eu adoro risotto, perco-me com a sua cremosidade!
    O meu marido adorou o Hellboy.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Olá Alice, adorei o jantar que vc fez ao seu convidado. Convidado este que gosto muito, os filmes que ele produziu Blad 2 e Helboy adoro. A escolha do cardápio não poderia ter sido melhor, combinou muito com o clima, o cineasta e a noite enluarada e deve ter ficado delicioso, já que gosto de beterraba. O molho de iogurte ficou perfeito em contraste com o risotto. Parabéns amiga. Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. QUERIDA ALICE,
    COM ESTE CONVIDADO EU TBM FICARIA ANSIOSA PARA A ENTRADA TRIUNFAL NA MINHA CASA, QUE HONRA RECEBER GUILLERMO DEL TORO EM SUA CASA, COM CERTEZA ELE ADOROU ESTE RISOTTO FEITO COM TANTO CARINHO.
    VOCÊ É MUITO CRIATIVA, AMEI A SUA HISTÓRIA, PARABÉNS!
    A RECEITA É BOA DEMAIS!

    TENHA UMA ÓTIMA SEMANA!
    BJS ♥

    ResponderEliminar
  14. Adorei o que li, muito interessante e enigmático rsrs
    tal e qual o prato servido...Maravilha!beijão

    ResponderEliminar
  15. Que história tão bem contada Alice, e com um convidado a altura, ehehehe. Que bela refeição, que delícia que ficou com essa cor maravilhosa, adorei!!!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Um risotto atrevido sem dúvida. E a cor de certza que lhe avivou memórias :)

    ResponderEliminar
  17. Ficou com uma cor mesmo bonita e diferente!!

    ResponderEliminar
  18. Que bela refeição e boa história!

    ResponderEliminar
  19. um prato bem vermelho e carnal à altura do realizador :)
    ainda não me rendi por completo à beterraba mas sou adoro a cor dela :) que belo risotto :)

    ResponderEliminar
  20. Excelente convidado e um risotto divinal!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  21. Alice, que brilhante convidado. Adoro seguir os teus jantares, quase me vejo à mesa convosco.
    Como sabes eu adoro beterrabas, e esta refeição está mesmo ao meu gosto!
    beijinhos e mais uma vez obrigada pela forma cuidada e elegante como sempre participas.

    ResponderEliminar
  22. Muito bom Alice. Quer o convidado, quer a refeição servida. Parabéns.
    Beijos
    Maria

    ResponderEliminar
  23. Alice querida,
    e fez-se magia...
    Um jantar em tom de vermelho!
    Gosto de alguns filmes do Guillermo (lembro-me que adorei o Labirinto do Fauno) e aposto que ele se rendeu ao teu risotto. De cor vibrante e atrevida, como saído das chamas de uma cozinha em acção.
    Adoro o tom da beterraba, ficou perfeito. Até eu aparecia por aí... :)
    Aposto que a lua brilhou mais forte nessa noite.
    Amiga, boa semana e um grande beijinho.

    ResponderEliminar
  24. OI :)
    Está com um excelente aspecto e eu adoro rissoto mas este é diferente e tem uma apresentação 5 estrelas.
    E o convidado!!!!!!!!!! é de mais!!! excelente.
    Beijos

    ResponderEliminar
  25. Este rissotto tiene un color precioso. Me aprece una receta muy original y estupenda para agasajar a cualquir invitado. Besitos.
    cosicasdulces.blogspot.com

    ResponderEliminar
  26. Bem amiga, mas que risotto mais original! Nunca tinha visto e fiquei deslumbrada :) A cor ficou fantástica, bastante atraente, tenho a certeza que o Guillermo também se rendeu a ele :)
    Gostei muito da receita e esse molhinho deve ter ficado ma-ra-vi-lho-so!! Acreditas que só de olhar me dá vontade de dar uma valente garfada? :)) AInda por cima saudável como tudo!! eheh
    Amiga, a tua participação está excelente, tiveste mesmo muito bom gosto na refeição que preparaste para o teu convidado!
    Um dia vou ter de experimentar um risotto assim, lindo lindo!! :)
    Um grande beijinho e uma semana cheia de sorrisos bem grandes :D até amanhã

    ResponderEliminar
  27. Alice também participei desta vez neste projeto! Quase acreditei que era verdade, ahahah, e que o Steven vinha jantar comigo!
    Adorei o teu risotto, lindo, lindo!

    http://tentacoesobreamesa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  28. Olá Alice! Que bom teres escolhido o Guillermo! É um dos meus realizadores preferidos! Adoro os seus filmes fantásticos; deixam-me assim pregada ao ecrã, de mão no queixo, envolvendo-me nas suas histórias...
    E claro só podias ter servido algo vibrante, cor de sangre!.. Adoro a beterraba em risottos, dá uma cor super original!
    Beijinho e vem-nos na festa final :)

    ResponderEliminar
  29. uuui ai não que nao deve ser delicioso! para já pra mim basta ter parmesão que já ia:p e a apresentação, a cremosidade que deixa transparecer..hmmm delícia na certa! beijinhos

    ResponderEliminar
  30. Olá amiga, que giro, andamos mesmo em sintonia !!!
    Adorei esta tua receita ! Boa sugestão.
    Beijinhossss e obrigada.
    http://ideiasdamoranguetes.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  31. Olá!
    Gostei deste risotto e acho que combinou muito bem com o estilo de filmes!
    Bjs

    PS: Hoje a receita do meu blog é sua :)

    ResponderEliminar
  32. Alice,trouxe um selinho comemorativo aos 2º aniversário do Chá da tarde,
    http://i701.photobucket.com/albums/ww15/M-amles/anigifchzinho.gif
    Linda semana,beijos de luz.

    ResponderEliminar
  33. Oi Alice,
    Ótimo texto e a receita então, nem se fala...
    Parabéns!
    Bj,
    Lylia

    ResponderEliminar
  34. Alice,
    Vim conhecer o teu blog. Gostei imenso pela originalidade e também porque moramos em cidades próximas. Fiz-me logo tua seguidora :)
    Vou continar a fazer-te visitas e a tirar ideias
    Sou principiante neste tipo de mundo virtual.
    Se quiseres visitar o meu cantinho o endereço é:
    http://odelicodoce.blogspot.pt
    O desejo de felicidades e beijinho.

    ResponderEliminar
  35. Olá Alice,
    Vermelho é a minha cor favorita logo, este post é mais que perfeito, não só pelo convidado, como pela escolha do prato que é fenomenal e, em vermelho, ficou ainda mais lindo e saboroso!
    Beijinhos grandes,
    Lia.

    ResponderEliminar
  36. Olá Alice, nem sei como me passou ao lado a tua participação no passatempo. Nem sei mesmo! Esse risotto está fantástico, a nossa cozinha anda bem vermelhinha :) Adorei.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  37. Fascinante, Alice, o prato e o convidado. Parabéns.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  38. Mais adequado não imagino, se querias um prato suficentemente "gore" para o Guilermo del Toro acertaste em cheio. Desperta-me... acima de tudo curiosidade :)

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...